Azeite de oliva como cinza Ha Azeite de oliva como cabelo grisalho Remédio: fato ou mito? Ou remédio: fato ou mito?

Óleo e massagem têm uma tradição de serem usados ​​como inimigos do envelhecimento, do ressecamento e da queda do cabelo. A massagem com azeite de oliva é uma das formas ancestrais mais bem avaliadas de controlar os cabelos grisalhos, restaurar a cor natural dos cabelos, reduzir o ressecamento, aumentar a força e o brilho do cabelo. Quantos de vocês acreditam nos benefícios do óleo de oliva? Talvez alguns acreditem e os outros não. Vamos descobrir se o azeite de oliva é realmente um inimigo do clareamento do cabelo ou se é apenas um antigo mito que sobrevive até hoje.

Um guia factual para os benefícios do escurecimento do cabelo com azeite de oliva:
Embora o azeite seja um nutritivo para o couro cabeludo, também é um remédio contra os cabelos grisalhos? Você também deve ter cavado a cabeça para encontrar a resposta a esta pergunta e pode ter acabado totalmente confuso.

Deixe-me levá-lo ao mundo dos fatos e ajudá-lo a encontrar a resposta correta para o azeite de oliva para cabelos grisalhos como um agente anti-grisalho ou um mito.

1. Remédios para cabelos grisalhos devido à caspa:
O azeite oferece nutrição profunda para o couro cabeludo seco e danificado. Um couro cabeludo seco é um armazém para problemas comuns de cabelo como frizz, caspa e brilho perdido. Pode ser interessante para você saber que a caspa é uma das principais razões para os cabelos grisalhos ocorrerem em uma idade jovem. O azeite de oliva cura poderosamente o problema da caspa causada pela secura. Assim, não há via de saída para o fato do azeite ser um sistema de resgate contra os cabelos grisalhos que ocorrem por causa da caspa.

READ  Como usar Amla para o crescimento do cabelo

[Leia: Dicas inteligentes para encobrir cabelos grisalhos]

2. Repara danos do sol para recuperar a cor do cabelo:
É incrível perceber que o sol não é apenas um doador de vida; é também um tomador de vidas. Oferece força e cor aos cabelos na forma de vitamina D (que pode controlar a produção de Feomelanina – o pigmento grisalho e clareador do cabelo). Também torna o cabelo grisalho quando exposto à luz direta do sol por mais horas, deixando-os secos. O azeite de oliva é uma maneira fácil de reparar os danos causados ​​pelo sol, reinventando a umidade e hidratação perdidas nos cabelos secos.

3. Restaura o nível de pH dos folículos capilares:
Ele torna o cabelo úmido e também protege contra danos causados ​​pelo sol. Ele garante que os cabelos que ficaram grisalhos devido aos danos do sol sejam restaurados à sua cor natural. Isso ocorre basicamente quando o nível de pH dos folículos capilares é restaurado. Depois que o azeite de oliva restaura o nível de pH dos folículos capilares, a melanina começa a funcionar com eficiência. Conseqüentemente, um equilíbrio normal entre a Eumelanina e a Feomelanina (os dois pigmentos de coloração do cabelo) é restaurado. Ele também restaura a cor perdida do cabelo.

4. Luta contra cabelos quimicamente danificados:
O próximo fato surpreendente para o poder do azeite de restaurar a cor natural do cabelo está em sua inimizade por danos químicos. O excesso de modelagem torna o cabelo quimicamente danificado. O cabelo danificado quimicamente perde a cor natural do cabelo e fica grisalho. Isso geralmente acontece porque o cabelo danificado quimicamente danificou os folículos capilares e o couro cabeludo. O azeite de oliva combate os danos químicos, fortalecendo as raízes fracas do cabelo. Lado a lado, ele também restaura o nível de pH alterado do couro cabeludo e dos folículos capilares. Portanto, a melanina encontra as condições ideais para o cabelo para garantir que a produção de feomelanina seja prejudicada e a produção de eumelanina seja acionada. Lesser Pheomelanin escurece os cabelos grisalhos e Eumelanin aumentada torna-os ainda mais escuros (tonifica-os para sua cor natural).

READ  16 maneiras eficazes de obter cabelos lisos

[Leia: óleos de cabelo caseiros para cabelos grisalhos]

5. Retarda o envelhecimento prematuro:
É ainda mais atraente perceber o impacto do azeite de oliva nos cabelos grisalhos prematuros, pois ele não é apenas poderoso o suficiente para evitar problemas prematuros nos cabelos grisalhos; também é igualmente poderoso para reverter o dano. Devemos acreditar então que o azeite pode proporcionar juventude aos cabelos para sempre? Este óleo de cabelo foi abençoado com armaduras naturais contra o branqueamento devido ao envelhecimento? Infelizmente, você ficará desapontado ao saber que nada pode prevenir o envelhecimento. O envelhecimento ou senescência é um processo natural que enfraquece as células e os tecidos. O azeite pode certamente retardar os sinais de clareamento do cabelo devido ao envelhecimento, mas não pode pará-los para sempre. Certamente pode ajudá-lo a manter seu cabelo mais forte e brilhante com a idade, mas não pode mantê-lo preto / escuro para sempre.

O guia factual listado acima é uma garantia pessoal sobre azeite de oliva e cabelos grisalhos, sobre como o azeite pode prevenir e curar o clareamento prematuro dos cabelos. No entanto, é também uma garantia de que não pode resistir ao clareamento do cabelo devido ao envelhecimento, mas pode apenas atrasá-lo.

Quanto você avalia agora a eficácia do azeite de oliva como inimigo dos cabelos grisalhos? Ainda está procurando um método alternativo contra o clareamento prematuro do cabelo? Não se esqueça de compartilhar suas idéias conosco.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *