Por que meu cabelo é tão oleoso e gorduroso?

Frequentemente ouvimos mulheres reclamando de cabelos secos. Os corredores das drogarias estão repletos de produtos desenvolvidos especialmente para cabelos secos. Mas, muito poucas pessoas falam sobre a outra extremidade do espectro, o diametralmente oposto do cabelo seco – o cabelo oleoso. Sim, ter cabelo oleoso é um problema tão grande quanto ter cabelo seco, porque faz com que suas mechas pareçam planas, flácidas, sem vida e totalmente nojentas. Então, vamos começar respondendo à pergunta …

Por que meu cabelo é tão oleoso e gorduroso?
A pele do couro cabeludo, assim como a pele do resto do corpo, está cheia de poros que estão conectados às glândulas sebáceas. Essas glândulas sebáceas secretam o óleo natural chamado sebo. Este sebo é essencial para manter o cabelo macio, liso e gerenciável. No entanto, às vezes eles podem começar a produzir sebo em quantidades excessivas, o que resulta em seu cabelo ficar oleoso e oleoso. O que leva isso a acontecer? Bem, vamos descobrir …

O que causa cabelos oleosos?
Existem tantos e tão variados fatores que podem causar cabelos oleosos que precisaremos analisar um a um. Então vamos começar!

1. Seu tipo de cabelo natural: Seu tipo de cabelo natural pode determinar o quão oleoso seu cabelo será. Confuso? Deixe-me quebrar isto para você:

uma. Se você tem cabelo fino, significa que há muito óleo sendo secretado pelo couro cabeludo e não há cabelo suficiente para absorvê-lo.

b. Cabelo liso tende a ser mais oleoso porque a sebo viaja uniformemente da raiz às pontas, sem quaisquer cachos ou dobras para atuar como uma obstrução.

c. Cabelo cacheado e crespo tende a ser muito oleoso na raiz, pois o óleo se acumula ali e não tem a chance de descer pela haste do cabelo (1).

2. Fatores genéticos: Se algum de seus pais tiver cabelo oleoso, há uma grande chance de que eles tenham passado esse gene específico para você (2).

3. Umidade: se você mora em um local com alta umidade, invariavelmente terá não apenas cabelo, mas também pele oleosa, pois o clima úmido faz com que suas glândulas sebáceas entrem em ação (a).

4. Perturbação hormonal: seus níveis hormonais podem ficar perturbados devido a certos medicamentos (incluindo pílulas anticoncepcionais), gravidez, puberdade, menopausa e estresse, o que pode levar a um aumento na produção de sebo no couro cabeludo (2).

5. Problemas de pele: O couro cabeludo oleoso causa problemas de pele como eczema, psoríase e dermatite seborréica que causa cabelos oleosos e caspa do couro cabeludo (3).

6. Brincando com o cabelo: Você, consciente ou inconscientemente, passa muito as mãos nos cabelos? Então, aqui está uma dura verdade – você não apenas transfere o óleo secretado por suas mãos para o cabelo, mas também o distribui do couro cabeludo por todo o comprimento do cabelo, tornando-o oleoso. Quem sabe, hein?

7. Escovar muito o cabelo: Novamente, segue a mesma lógica do ponto anterior. Quando você escova o cabelo repetidamente, está redistribuindo o óleo do couro cabeludo por todo o comprimento do cabelo. Isso fica ainda mais agravado quando você já tem cabelos naturalmente oleosos.

8. Usar muito produto: usar muito de qualquer produto para o cabelo – condicionador, soro, gel para cabelo, cera para cabelo, mousse e semelhantes – pode fazer com que ele se acumule em seu couro cabeludo e prejudique o funcionamento das glândulas sebáceas ( 1). Isso pode ser um problema ainda maior se esses produtos forem à base de álcool. Esses produtos, misturados com sebo, podem deixar seu cabelo muito pesado e torná-lo oleoso.

9. Lavar demais o cabelo: Embora você possa sentir que lavar o cabelo todos os dias é a única maneira de reduzir a oleosidade do cabelo, você não poderia estar mais longe da verdade. Lavar o cabelo com muita frequência apenas estimulará o couro cabeludo a produzir mais sebo para compensar a oleosidade que foi removida pelo shampoo. Portanto, você agravaria – e não resolveria – o problema do cabelo oleoso lavando-o todos os dias.

10. Usar água quente para lavar o cabelo: A água quente estimula as glândulas sebáceas e as estimula a produzir mais sebo.

11. Condicionando demais o cabelo: Aplicar muito condicionador no cabelo e aplicá-lo desde a raiz apenas torna o cabelo pesado e oleoso (1).

12. Uso de produtos errados: o uso de produtos destinados a hidratar o cabelo – como shampoos hidratantes, shampoos fortificantes e condicionadores profundos – pode deixar seu cabelo já oleoso ainda mais oleoso.

13. Amarrar demais o cabelo: manter o cabelo preso em um rabo de cavalo apertado pode fazer com que a oleosidade e a sebo se acumulem apenas nessa parte do couro cabeludo, resultando em cabelos oleosos desigualmente.

14. Calor demais para modelar seu cabelo: Aplicar muito calor em seu cabelo com o uso regular de secadores de cabelo, chapinhas e modeladores de cabelo para secá-lo. Isso estimula suas glândulas sebáceas a trabalhar em overdrive e produzir mais e mais sebo, tornando o cabelo oleoso.

15. Deficiência de vitamina D: A vitamina D desempenha um papel ativo na produção e regulação dos níveis de sebo. Não ter o suficiente desse nutriente pode fazer com que os níveis de sebo fiquem descontrolados e torne o cabelo muito oleoso (4).

Então, agora que você conseguiu identificar exatamente por que seu cabelo é oleoso e oleoso, é hora de você resolver o problema com suas próprias mãos e tomar algumas medidas para subverter esse problema. Então, aqui está o que você precisa fazer!

 

Como prevenir cabelos oleosos
Não escove o cabelo mais de 2-3 vezes ao dia e use uma escova de cerdas de javali ao fazer isso.
Enxágue seu cabelo por pelo menos 30 segundos após a lavagem e condicione-o para garantir que você removeu todos os produtos.
Enxágüe o cabelo com água fria, pois ela fecha as cutículas do cabelo e evita que as glândulas sebáceas entrem em ação.
Use um shampoo transparente sem sulfato e um condicionador leve para lavar o cabelo.
Anote e memorize – nunca aplique condicionador no couro cabeludo. Isso só fará com que ele se acumule em seu couro cabeludo, aja como um adesivo para sujeira e fuligem e bloqueie seus poros. Em vez disso, aplique-o do meio até as pontas do cabelo que realmente precisam de hidratação extra.
Evite usar produtos para o cabelo que contenham silicones, pois eles cobrem o cabelo e atraem óleo e sujeira para aderir a ele.
Evite usar géis para o cabelo, mousses e shampoos secos que só causam mais acúmulo e deixam o cabelo mais oleoso.
Opte por névoas e sprays de acabamento leves para adicionar brilho ao seu cabelo.
A cada duas semanas, adicione um pouco de bicarbonato de sódio ao xampu para remover todo o óleo e o acúmulo de produtos do cabelo e do couro cabeludo.
Se você precisar secar o cabelo, faça-o na configuração fria para evitar a estimulação excessiva das glândulas sebáceas.
E é isso, senhoras! Isso é tudo que você precisa fazer para evitar que seu cabelo fique muito oleoso e oleoso! Muito fácil, hein? Então, comente abaixo para que possamos saber se você tem alguma dica que ajude a cuidar dos cabelos oleosos.

Respostas de especialistas para perguntas dos leitores
É bom para o seu cabelo ficar oleoso?

Não, não é bom que o seu cabelo fique oleoso, pois faz com que o pó e a sujidade grudem no cabelo e comprometa a sua higiene.

O sebo pode causar queda de cabelo?

Não, o sebo não pode causar queda de cabelo, mas pode afetar o ciclo de crescimento do cabelo.

Qual é o melhor shampoo para cabelos oleosos?

Pantene Pro-V Total Damage Care Shampoo para cabelos oleosos é o melhor shampoo para cabelos oleosos.

Você pode danificar seu cabelo lavando-o todos os dias?

Sim, você pode danificar seu cabelo lavando-o todos os dias, pois ele remove sua oleosidade natural.

Você pode ter couro cabeludo seco e cabelo oleoso?

Sim, você pode estar com o couro cabeludo seco e cabelos oleosos, mas isso é um sinal de dermatite seborréica e você deve consultar um dermatologista.

 

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *